Eventos recentes
DSC 0133
« 1 de 82 »
Celebrações 2018
1 (1)
« 1 de 141 »
Conferência Eu Nasci pra isso 2018
IMG 0463
« 1 de 81 »
Formatura CFAP 2018
DSC 0021
« 3 de 36 »
Culto de Casais - Dia dos namorados
Vídeos
Informações 34 3234 9555

Palavra pastoral
perfil

JESUS LEVOU AS MALDIÇÕES

Gl 3:13 – Este texto é à base da nossa fé.  Ele diz que Jesus Já levou toda maldição na cruz.

Em João 10:10 –  vemos o propósito de Deus x propósito do inimigo. O propósito do inimigo é: “Matar roubar e Destruir”.

O propósito de Deus é que tenhamos: “Vida em Abundância”.

Em toda a terra há um povo que tem experimentado o desejo de Deus de restaurar todas as coisas e estabelecer seu Reino.

Toda restauração é uma restituição e toda restituição é resultado de uma restauração profunda de Deus em nosso interior. “Eu vim para que tenham vida e vida em abundância”.

Romanos 12:2 ensina que somos transformados pela renovação da mente. Quando entendemos isso, e, nos determinamos a sair de onde estamos o Senhor nos estabelece em uma nova posição, que é a vida abundante de Deus em nossas vidas.

O que é restituição? Devolução de algo que já tínhamos ou reparação de algo que viríamos a ter, mas fomos impedidos.

Não podemos aceitar o roubo passivamente. Quando alguém é roubado esta pessoa busca reaver, o que foi roubado procura a policia que tem o poder para executar justiça.

Espiritualmente, também, não podemos aceitar.

Isaias 42:22 “Deus quer que busquemos a restituição”

… E ninguém diz: restitui!

Deus descreve um povo passivo. ISSO É MALDIÇÃO. Pessoas que tinham suas vidas, saqueadas pelos inimigos e ninguém caía em si da necessidade de buscar a restituição, ninguém PEDIA POR RESTITUICÃO. Não aceite como normais às situações que se caracterizam como roubo espiritual na sua vida. Reaja, levante-se em fé, e, clame a Deus por restituição. Neste mês de junho nossa campanha é a campanha: Quebrando as Maldições. Eu te convido para participar conosco dos cultos, e juntos buscar a restituição de tudo o que foi roubado em sua vida.

Em Cristo,

Bispo Divino Silva

inscrição sympla